gototopgototop
  1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Júlio Antunes Gonçalves nasceu a 26 de Setembro de 1886 na aldeia de Vidual de Baixo,(1) freguesia do Vidual no concelho de Pampilhosa da Serra, Continuar

A formalidade que os usos foram impondo à sessão de inauguração de funções do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça encerra um simultâneo de simbólico, de partilha e de substân...

  A Internet passa em força dos meios académicos para a comercialização do seu acesso, na década de 1980. Continuar

Estatuto Editorial

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Share

*

A Revista TERRA DE LEI é uma publicação semestral que tem por principal objectivo, formar e informar, promover e fomentar a discussão, a reflexão e o desenvolvimento da ciência jurídica, do Direito e da Justiça em geral e, com particular destaque para as temáticas deste domínio, referentes à região da Beira-Serra.
A Revista TERRA DE LEI prossegue o seu objectivo principal:
a) publicando e divulgando monografias, análises, estudos e outros trabalhos de natureza técnica e científica, sobre as matérias e os saberes referenciados,da autoria de especialistas, profissionais, entidades e individualidades de reconhecido mérito e prestígio;
b) publicando e divulgando artigos de opinião e comentários que versem, directa ou indirectamente, aquelas temáticas;
c) publicando e divulgando entrevistas, factos, informação e notícias de âmbito nacional e regional,relativamente ao Direito e à Justiça.
A Revista TERRA DE LEI é propriedade da Associação de Juristas de Pampilhosa da Serra com NIPC 509089780 e sede social na Rua das Escolas
Gerais, n..º 82 - 1100-220 Lisboa ( Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar ).
A Revista TERRA DE LEI é um órgão de comunicação livre, sem orientação ideológica ou doutrinária, pluralista, independente e autónomo de quaisquer instâncias ou poderes de natureza política, económica, religiosa, filosófica ou sóciocultural.
São órgãos internos da Revista TERRA DE LEI:
-O Conselho Redatorial, constituído maioritariamente pela Direcção da AJPS, ao qual compete definir e supervisionar uma linha de orientação editorial que garanta a prossecução dos objectivos da Revista TERRA DE LEI, impedindo a sua utilização para outros fins ou propósitos distintos daqueles que resultam do presente Estatuto.
-O Director Executivo, ao qual compete coordenar a redacção, edição e publicação da revista, nos termos estatutários;
-A Direcção Redactorial, à qual compete desenvolver a redacção, edição e publicação da revista.
Compete à Associação de Juristas de Pampilhosa da Serra garantir a gestão e sustentabilidade económico-financeira da revista, através, designadamente: do seu preço de venda, do recurso a publicidade, patrocínios e apoios institucionais e mecenato cultural.
Quaisquer receitas, lucros ou proventos, directa ou indirectamente resultantes da publicação da TERRA DE LEI, constituem património da AJPS.
Os elementos que integram os órgãos internos da TERRA DE LEI não auferem qualquer remuneração, sendo a sua actividade totalmente gratuita.
A TERRA DE LEI publicará gratuitamente, trabalhos e artigos assinados, que lhe sejam para esse fim remetidos por sócios e não sócios da AJPS, reservando-se no direito de não publicar aqueles que ofendam valores e princípios consagrados na Constituição da República Portuguesa e/ou colidam com os fins estatutários da AJPS ou com os critérios editoriais objectivamente definidos e prosseguidos pelos seus órgãos internos.
Todos os conteúdos assinados, publicados, são da exclusiva responsabilidade dos seus autores e não vinculam nem obrigam a TERRA DE LEI ou a AJPS.

Info Online

casus telefon
casus teleon
casus telefon