gototopgototop
  1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer>

Júlio Antunes Gonçalves nasceu a 26 de Setembro de 1886 na aldeia de Vidual de Baixo,(1) freguesia do Vidual no concelho de Pampilhosa da Serra, Continuar

A formalidade que os usos foram impondo à sessão de inauguração de funções do Presidente do Supremo Tribunal de Justiça encerra um simultâneo de simbólico, de partilha e de substân...

  A Internet passa em força dos meios académicos para a comercialização do seu acesso, na década de 1980. Continuar

Memória

PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

Share

*

JÚLIO GONÇALVES UM CORAJOSO CAUSÍDICO REPUBLICANO

Por: António Amaro Rosa Jurista na Autoridade Tributária e Aduaneira

I – Uma vida multifacetada
Júlio Antunes Gonçalves nasceu a 26 de Setembro de 1886 na aldeia de Vidual de Baixo,(1) freguesia do Vidual no concelho de Pampilhosa da Serra, e faleceu na cidade de Figueira da Foz a 15 de Maio de 1964. Era filho de José Gonçalves e de Antónia Antunes. Apesar de registado como Júlio Antunes Gonçalves, em toda a sua vida identificar-se-á e assinará apenas como Júlio Gonçalves.

Desconhece-se o local onde frequentou o ensino primário. Crê-se que terá prosseguido os seus estudos no Colégio do Piódão (concelho de Arganil), espécie de seminário menor fundado pelo cónego Manuel Fernandes Nogueira e que funcionou entre 1886 e 1906. Mais tarde frequentou o Seminário de Coimbra, onde fez os estudos teológicos, estando prestes a tomar ordens menores. Terá sido inclusivamente colega de turma de António Oliveira Salazar (futuro Presidente
do Conselho) e de Manuel Gonçalves Cerejeira (futuro Cardeal Patriarca de Lisboa). Porém, em 1909 Júlio Gonçalves abandonou o Seminário de Coimbra e completou os estudos secundários no Liceu de Coimbra, matriculando-se de seguida na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. A 22 de Novembro de 1912 obteve o grau de bacharel em Direito.

Por volta de 1910 contraiu casamento, em primeiras núpcias, com Adriana Fernandes dos Santos Lima Gonçalves, natural de Carregal do Sal. Deste matrimónio resultou um filho, ao qual foi dado o mesmo nome do seu progenitor: Júlio Gonçalves.

 

Para o artigo completo deve adquirir a revista "Terra de Lei"  AQUI

casus telefon
casus teleon
casus telefon